quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Só não espere que eu seja o que você deseja o tempo inteiro
Sou feliz, triste, mágoa e perdão, lágrimas e gargalhadas

Sou a luz e a escuridão
Falo muito às vezes nada
Faço muito às vezes nada
Canto muito até me canso
Faço verso às vezes mágoa
Sou de verdade, me quebro
Sou do sol e também da noite
Sou estrela que brilha e apaga
Sou fogo às vezes água
Sou mar, lança, flecha e nuvem

Um comentário:

Sinto, logo penso. disse...

uow... muito bacana teu espaço!
achei alguém distante mas com muitos afins!
um xeru moça... aqui é o Vinny que te adicionou no orkut e no msn um dia.
xeru!