segunda-feira, 28 de abril de 2008

e o mundo girando, girando...


No verdinho da minha blusa
No azul do meu olhar
No céu ainda mais

Na vontade de gritar e gritando
No movimento de ser feliz sendo
E no sonho se realizando

Nos aplausos preenchidos de sorrisos
Nas palavras encontradas nos termos perdidos
E na falta de tempo de me achar

Um sol que nasceu “ardidinho” e que me fechou os olhos
A janela semi aberta deixa entrar um semi raio
A porta que bateu de novo me trás uma sensação...dejavú?!

Violão calado
Cabeça pensando
Idéias idas e o mundo girando, girando, girando...

quarta-feira, 23 de abril de 2008

isso lá é bommmmm?!!!!!! doce solidãoooooo!!!!!!!!!!!!

video

"Doce Solidão", Cátia, Jamila, Deisy, Jordão, Rafael, Nair, Nadine, Jenilson, Nelita, Rui, Neuza, Pedro e Camelo! Centro Social do Bairro 6 de Maio 2007, Damaia, Lisboa, Portugal!

Doce Solidão - Marcelo Camelo

Posso estar só

Mas sou de todo mundo

Por eu ser só um

Ah nem, ah não, ah nem dá

Solidão foge que eu te encontro

Que eu já tenho asas

Isso lá é bom?!

Doce solidão

o seu sorriso em minha vida é mais que tudo!

Um sorriso bom tem o melhor som
Um sorriso puro, feliz, tem luz e tem força
Um sorriso, a lembrança de uma vida

Mas um sorriso bom na hora errada não tem tom
É como um desacorde destoando no espaço
É como uma flecha direcionada na ferida

Um sorriso, uma flecha, um momento in-feliz
Dar sentido aos segundos e dizer sim a tudo?!
Um não sai da minha boca com precisão

Hoje dou o meu sorriso para tudo que o queira ou não
Hoje acordo e liberto-me de mim
Hoje não venho, amanhã também não
Talvez depois do amanhã

terça-feira, 22 de abril de 2008

no meio do mundo


Ai de mim, ser imperfeito, dizer-te o que penso
Sou somente uma semente tentando florescer
Não reluto o meu canto, pois eis o que me diz livre
Sou confessa das noites que me alegram em te ter

Ai de mim, que creio no amor e nas provas de silencio!
Sou galho de uma arvore que ostenta a esperança
Brilho distante, mas constante e com um azul cor de tudo um pouco
Um rio que corre e escorre suas lágrimas e devoram a dor

Oh! Tempo absoluto, senhor dos pecados e glórias
Curvo-me de mãos postas, declamo minha mais sincera fé
Deus que em mim planta a coragem e abafa o medo com seus trovões
Grandiosa luz que clareiam o céu, que invade qualquer opera de estrelas

Canto pela culpa vã
Sopro partículas cintilantes
No meio do mundo um tudo
No meio do mundo eu e a busca por tudo que ainda não tenho!
A resposta?!
Está dentro de cada um

A felicidade é o sentimento mais perfeito que Deus criou!
Sempre que faço uma canção, me conheço mais um pouco!

Não choro tanto assim...Mas por qualquer coisa!!
Sempre senti que o meu amor é maior que meu coração...

Às vezes me preocupo demais até me esqueço de mim...
Sem amigos não vivo
São meus anjinhos

A pior fuga é de si mesmo

...e agradecer?!
daqui pro futuro...

Creio eu que num segundo instante estaremos nós causados pela nuvem de respostas de dúvidas que se relutam em seguir o tempo inconstante e tolhiço...Creio eu no amor e na próxima idéia de felicidade!!!

sexta-feira, 18 de abril de 2008


Adivinha?!!!!!!!!!

Carol vêm me visitar e eu estou pulando de felicidade!!!!


Tuas palavras têm movimento
Elas dançam!!
Me passam tanta paz...
Que me esqueço de qualquer tristeza

Seus olhos que brilham
E vejo neles um sorriso
A menina que sorri com os olhos

O sorriso terno e que se entrega à delicadeza
Um movimento de felicidade e doce por sua beleza

Uma pessoa que sinto muita falta
Sinto perto com uma constância
Sinto carinho pelos gestos e amor por ser o que é




Roberta_12 diz:
vêm logo?!
Carolina _12- diz:
vou simmmmm
Carolina _12- diz:
falta poucooo
Roberta_12 diz:
é, falta sim!!!! to com saudade do seu abraço
Carolina _12- diz:
ahhhh fofaa
Carolina _12- diz:
vou te dar bem mais do que eu te dei da outra vez tá?
Roberta_12 diz:
obaaaaaaaaaaaaaa!!! e eu tb vou te dar bem mais do que da outra vez
Carolina _12- diz:
obaaaaaaaaaaaa
Roberta_12 diz:
amo vc
Carolina _12- diz:
amo vc tbm



E amanhã faltará 11 dias!!! E o meu sorriso vai aumentando...

Obrigada por vir minha amiga mais querida, obrigada por sempre estar!


Fídivó


Quando nasci abri meus olhos e logo vi a minha Vó, só não a chamei de mãe porque não sabia falar, mas sei, senti naquele momento um sentimento tão perfeito como poucas vezes eu já senti nessa vida!

A Vó é a flor mais bela do meu jardim, a mãe melhor do mundo, a Vó melhor do mundo, a companhia melhor do mundo, a amiga melhor do mundo, a pessoa que mais ama, a pessoa que mais respeita, a pessoa mais perfeita! A melhor pessoa desse universo, a mais perfeita que eu já conheci! Linda, em toda definição da palavra!

O meu coração fica tão pequenininho quando sinto a sua falta...Sinto falta de quando ficava nervosa e falando toda atrapalhada das coisas e ela dando risada, sempre que ligo pra lá não consigo conversar pouco não, a gente se diverte e eu fico ainda com mais saudade! Uma saudade bem docinha, que nem mel!! Uma saudade que só arde quando eu to triste, mas quando lembro do sorriso da Vó eu fico feliz, porque é o sorriso mais lindo dessa vida!!!

Ela me guardou junto do coração, quando eu fiquei abandonada, perto dela eu não tinha vergonha de chorar, perto dela nunca me senti só! A pessoa que me estende a mão a todo instante, mesmo quando eu fui malcriada ela sempre conversou comigo e falava pra eu não fazer mais aquilo! Eu sempre a ouvi tanto que hoje sinto que absorvi boa parte de sua doçura!

Sabe aquela pessoinha tão especial e que te traz uma paz infinita?! Que ficar do lado dela é como estar num lugar mais perfeito, como aquele paraíso que a gente acredita ser?! Daí eu fico com saudade e fecho os olhos e sinto a minha “veinha” mais linda e perfeita pertinho de mim! Mas ela não gosta que a chame de velha não...Por isso sempre a chamarei, de MINHA FLOR!!!! A flor que mais amo na minha vida, pra sempre!!!
p.s: essa não é minha Vó! Mas lembra ela dai eu acho tão linda a foto que a coloquei!

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Ao vento que outro alguém não viu
A mim, chegando a ser o que não foi
Sugiro uma nova invenção!

Fiquei sem adeus e parti
De volta tudo que quis
De ida tudo que quis

Além de palavras que vagam
O som propaga no vazio sem medida
As cores impregnaram as pegadas da minha imaginação

A primeira vista um não
Depois de minha prece o sim mais certeiro
Da solidão é que nasce o meu canto

domingo, 13 de abril de 2008

Vitor Ramil!!!


Ontem descobri uma jóia nesse universo fantástico que é a música!
Vitor Ramil, irmão mais novo de Kleiton e Kledir. Fui no lançamento de seu novo disco “Satolep Sambatown” que gravou com o percussionista Marco Suzano!

Foi muito lindo e me encantei muito com as letras de Vitor, suas melodias e sua voz, tudo que ele faz tem uma forma tão doce!!! É diferente e ao mesmo tempo parece tão familiar. Ele tem música com Drexler e está entre aqueles artistas reunidos por Moska nesse projeto que une os cantores/compositores da América latina, fantástico, recomendo a todos!

Lá também esteja “Kátia B” belíssima, fez uma participação especial e linda, emocionante, ela é demais!!!

Na platéia Chico César, pena que não subiu ao palco, daí tornaria minha noite ainda mais perfeita!!!!

Ouçam Vitor Ramil, é lindo!

www.vitorramil.com.br

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Mais um dia que começa, bem "de vera"!!!
Sol fraquinho do jeitinho que eu gosto
Sem calor nem frio, sem muita gente, mas sem solidão
Sem tristeza, mas com uma alegria na medida perfeita
Festejo no meu interior por momentos felizes garantidos no futuro
Estou vibrando com meu presente cheio de grandes expectativas e boas energias
Sem pressa, sem vícios, sem lamentos
Sorrio, gosto de sentir esse bem estar que me traz um sorriso
Gosto do movimento do sorriso, é doce!
Gosto de tudo que é doce, ate doce de batata doce
Gosto do céu azul, hoje to gostando desse tom
Gosto da lua grandona e de ver montão de estrelas
Gosto do silencio, mas nunca terei o silencio da forma que o imagino
No meu silencio existe uma musiquinha no fundo...
Nele eu fecho os olhos e dou passos leves e flutuo
Nele eu me vejo, no silêncio também me acho
Nele sinto cada sentimento em todas proporções de intensidade!!
O silêncio é cúmplice
O silêncio é molhado e tem um zumbido interessante!


Hoje desejo um dia bom pra todo mundo e que escutem "Alta Noite" do CD NOME de 2006, Arnaldo Antunes!!! É doce...

terça-feira, 8 de abril de 2008

E às vezes você faz as coisas na medida de outra
Se joga num labirinto, deixa tudo de lado pra satisfazer a quem, menos você
A vida é complicada a medida que você sente
O mundo está em tuas costas quando você o carrega, se não quiser, não

As oportunidades às vezes são as ultimas e você perde pra se arrepender
Só pra arrepender e viver se lamentando pra sempre
Alguém parte daqui pro infinito e quando você fecha os olhos a lua nem mais existe
Sigo distante, mas perto de mim e dando valor a pequenas palavras que ouço no meu dia

Sentimentos são únicos!

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Esse final de semana foi muito bom!!
Muito trabalho, tenho terminado com algumas pendência urgentes que eu havia encostado, coisas de uma Roberta que às vezes faz de conta que nada têm pressa e que depois é o tempo certo pra se resolver tudo. Às vezes me desligo do mundo, pego meus livrinhos da Seicho No Ie e me encontro com Deus e com minha paz interior. Agora me sinto bem, forte, agora sim começa 2008 pra mim!

Tenho feito muitas canções, ando inspirada, com vontade de cantar, com vontade de sorrir e de conversar com meus amigos, de namorar o meu amor e ficar perto da minha família! Tenho vontade de passar as madrugadas cantarolando, a insônia voltou, mas não fico mais como antes, aproveito pra assistir a um DVD ou um documentário na TV. Aproveito também para fazer música, pra escrever, ler...

Hoje acordei às 8, tarde para o horário que tenho acordado. Mas amanhã às 6 estou de pé, agora faço exercícios físicos, aleluia!!! Estou me sentindo tão bem! Mas acordar tão cedo assim pra quem não dorme quase nada a noite não é nada interessante, mas estou seguindo até certinho! Estou feliz, às vezes me canso tanto...Mas estou feliz!

Hoje tem canto, CANTO EM CENA...Me faz tão bem estar junto dessas pessoas!! Lá me sinto em outro mundo, sinto carinho em cada palavra soada com as ternas melodias. Vozes que chegam a mim como um abraço, é tão bom que eu queria que fosse todos os dias, queria esse abraço todos os dias! Hoje a gente termina de ensaiar uma das músicas do Lenine que vamos cantar! Ai Lenine!! Hehehe

Estou traçando a continuidade do meu caminho, penso em breve ter um filho! Mais projetos aqui na minha cabecinha que não para por um segundo. Estou com saudade ainda maior de Minas! Saudade do Vô, da Vó, minha flor mais linda, das minhas irmãs, dos meus tios, primos, vizinhos, meus amigos, principalmente do Thales, o amigo mais fiel e mais doido, meu irmão. Saudade da Deca, companheira que nunca me abandonou, sempre me deu muita força, a pessoa mais alto astral e positiva, da Cris e seu sorriso e suas histórias mais loucas que eu nunca imaginaria vindo dela. Do Jean e sua boa companhia e risadas garantidas. Saudade do Fred, do Lóis, do Breno, da Karina e Davizinho, da Luty...De todo mundo que nem dá pra listar de tantos que são. Saudade de sentar no banquinho na porta da casa da Vó e ficar lá vendo as pessoas passarem e falando comigo...Saudade...Saudade da Carol, minha melhor amiga, que não está em Minas, mas tb to com saudade, mesmo falando todos os dias. To com saudade do abraço e de poder conversar de perto. Resumindo, várias pessoas muito amadas estão longinho de mim... Sinto saudade, uma saudade boa, às vezes dá um aperto no coração, mas é uma saudade boa, junto com amor e felicidade de ter todas essas pessoas queridas e muito especiais em minha vida...

Saudade doce!

sábado, 5 de abril de 2008

me dê a mão, afaste a solidão
o coração alcança a felicidade
sempre que olho para o céu

eu corro ate que o vento sopre
a lua está gigante esperando você vir
as estrelas também saíram para te ver

um sorriso mais puro
um sorriso bom para um dia perfeito
olhar doce que borda a delicadeza

hoje o frio acompanha a madrugada
que finda com um copo de leite as lembranças
o sono fecha meus olhos e pronto

amanhã é outro dia
amanhã nada será como hoje
mas a saudade resiste

mesmo não sendo a mesma...

sexta-feira, 4 de abril de 2008


Música...
Momento divino
Instante quadrado em minutos
Lembranças eternas nem sempre ternas
Saudade em compassos, em pausas que não se explicam
Dor ou desespero, felicidade e por minutos flutuo!
Ilusão, visão, coração, audição, intensidade...
Música de me perder e de me encontrar
De fazer sorrir e de fazer chorar
De arrepiar, de querer congelar o tempo
Sensação boa, às vezes gosto mais das tristes, porque sou mais feliz com elas
Música alegre, de querer dançar e me encontrar num gesto
De fazer sonhar com futuro grandioso e feliz pra sempre
De me levar onde quero, de me deixar cada vez mais perto do céu

quinta-feira, 3 de abril de 2008


Ainda bem
Que você vive comigo
Porque se não
Como seria esta vida?
Sei lá, sei lá

Nos dias frios em que nós estamos juntos
Nos abraçamos sob o nosso conforto de amar, de amar

Se há dores tudo fica mais fácil
Seu rosto silencia e faz parar
As flores que me manda são fato
Do nosso cuidado e entrega

Meus beijos sem os seus não dariam
Os dias chegariam sem paixão
Meu corpo sem o seu uma parte
Seria o acaso e não sorte

Neste mundo de anos
Entre tantos outros
Que sorte a nossa hein?
Entre tantas paixões
Esse encontro
Nós dois, esse amor.


Ainda Bem
Composição: Liminha/Vanessa da Mata

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Um sorriso na porta de casa
O olhar doce e o abraço vindo tão forte e já sozinho
Eu e minha timidez...juntas
Um sorriso feliz e o abraço indo tão forte e já sozinho

Uma pergunta doce
Ta com vergonha?!
E uma resposta quase calada
Eu to!!!

Felicidade saltitante e o coração quase em carnaval
Uma palavra?! Nem precisa de palavra...
Só o olhar de uma amizade verdadeira e de tempo indeterminado

E eu que ganhei...
Mais uma pessoa pra cuidar
Mais um amor na minha vida
Mais uma parte de mim

Vamos celebrar a amizade!!




E eu to com saudade bem grandona...
amo você por demais guriazinha!!

Um tanto assim...

Duvidas e dúvidas...Porque sempre preciso de uma resposta?!
Se os dias não são iguais e o vento não sopra pro mesmo lado...
As flores mudam em cada estação, e só!!

Estou procurando as palavras certas, estão pedidas na minha mesa?!
Pensei que poderia com um lápis desenhar minhas dúvidas, mas não;
Será que todos esses números são a explicação?!

Vejo agora um controle...Seria mais fácil se ele controlasse tudo de mim...
Mas talvez não me fosse o necessário, porque sempre quero o que não tenho.
Obvio ou não, também quero mais forte o que já tenho!

Meu coração está a vontade!
Hoje o céu está até azul...
Mas qualquer resposta que eu tenha, nunca me basta!