terça-feira, 18 de dezembro de 2007

O Profeta Gentileza


Rio de Janeiro, 1961, antevéspera do natal, houve um incêndio no “Circo Americano” em Niterói, onde 500 pessoas morreram, a maioria crianças. José da Trino, sete dias depois da tragédia acorda ouvindo “vozes astrais”, que o pediam para abandonar o mundo material e se dedicar apenas ao mundo espiritual. Pegou um de seus caminhões(era dono de uma empresa de transportes de cargas) e foi para o local do incêndio, plantou ali jardins e hortas sobre as cinzas e viveu no local por 4 anos. Ele deixou os bens para sua família e foi pregar nas ruas do Rio.


José da Trino (1917-1996), o Profeta Gentileza, nasceu no interior de São Paulo e foi morar no Rio aos 20 anos de idade, chamava todos de Gentileza, por isso passou a ser chamado assim, Profeta Gentileza. Após se desligar dos bens materiais, passou a vestir como um apóstolo(uma bata branca cheia de apliques), e com seu estandarte pregava nas barcas Rio-Niterói, anunciando sem cansar:”Gentileza gera Gentileza”. Ele dizia que só com a Gentileza superamos a violência que se deriva do “capeta-capital”.


Nos anos 80 pintou escritos em 55 pilastras do Viaduto do Caju, à entrada da cidade, com um tipo de letra muito peculiar e na altura exata em que passavam os ônibus pelo local. Onde um certo dia um ser sem alma apagou tudo com cal, mas foi tudo recuperado pelo professor universitário Leonardo Guelman, que organizou um movimento de recuperação e tombamento dos escritos do Gentileza.


A maioria viu nele apenas um louco. Que sujava as ruas com aqueles escritos sem importância. Mas o Profeta Gentileza só queria passar sua mensagem do bem, que sua gentileza chegasse até as pessoas.


Gentileza morreu nos anos 90, aos 79 anos."Gentileza gera gentileza",Gentileza demonstra educação. Apreço.Um sorriso, uma expressão educada, uma demonstração de “eu me importo”,são capazes de provocar milagres.


Por tanto, as pessoas deveriam fazer com que as coisas boas, as boas energias cheguem a elas, mais e mais. Nossas atitudes são como um bumerangue, se você distribuir carinho, amor, irá receber tudo de volta, mas se você preferir a tristeza, o mau humor e ficar de mal com a vida, a vida ficará de mal com você e tudo que você semeou irá colher.


Somos o que somos, porque queremos ser. Podemos mudar esse mundo que está acabando com todas coisas negativas, com um sorriso, um abraço, um cumprimento, depende de mim e de você.


Gentileza gera Gentileza...Já dizia o Profeta.Positive-se!!!

2 comentários:

byazinha_morannguinho disse...

eu gostei da historia dele e muito interessante

byazinha_morannguinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.